Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Saúde

RS confirma primeiras bandeiras pretas no mapa definitivo da 32ª rodada

Embora seja o nível mais alto, a bandeira preta não é o mesmo que lockdown, implantado em outros países e em alguns Estados brasileiros.

O governo gaúcho não aceitou os recursos regionais e, após oito meses de distanciamento controlado, pela primeira vez, duas regiões permaneceram com o nível de restrição máximo previsto no sistema de enfrentamento à pandemia no Rio Grande do Sul. O governo do Estado divulgou nesta segunda-feira (14) que as regiões de Bagé e de Pelotas estão oficialmente em bandeira preta (risco epidemiológico altíssimo) a partir da 0h desta terça (15).
O Gabinete de Crise indeferiu todos os pedidos de reconsideração feitos por associações regionais e municípios principalmente devido à constante redução de leitos de UTI livres. No caso de Pelotas, a solicitação havia sido enviada pela associação regional, enquanto em Bagé foi pelo município.
Assim, o mapa definitivo da semana permanece com 18 regiões em bandeira vermelha (risco alto) e uma em laranja (médio), que é a região de Cruz Alta, conforme a classificação preliminar. A vigência das novas bandeiras segue até as 23h59 da próxima segunda-feira (21).
Embora seja o nível mais alto, a bandeira preta não é o mesmo que lockdown, implantado em outros países e em alguns Estados brasileiros. Representando o risco epidemiológico altíssimo, a cor preta significa que tanto a capacidade hospitalar como o contágio por coronavírus alcançaram níveis críticos nas regiões. Por isso, indica a necessidade de cuidados mais rígidos do que os já adotados na bandeira vermelha.

Leia também

Geral

Em função de um pico de contágio por covid-19 observado no Estado, o governo emitiu, pela quarta vez consecutiva, Avisos para todas as 21...

Geral

A média móvel de casos de covid-19 chegou a 30.487 notificações diárias, maior número desde 26 de março, segundo o painel de dados Monitora...

Geral

O Comitê Científico do Estado de São Paulo recomendou a volta do uso de máscaras em estabelecimentos fechados. A medida não é obrigatória, exceto...

Geral

O deputado estadual Fábio Ostermann (Novo) realizou um levantamento que apontou a CNH do RS como a mais cara do Brasil.

Geral

Em abril, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Minas alertou para a importância da dose de reforço em todas as pessoas.

Saúde

A diretora do Hospital Municipal Dr. Getuinar Davila do Nascimento (HMGDN) em São Pedro do Sul, Cristiane Gallina, o médico regulador da secretária de...

Agronegócio

O prazo para Declaração Anual de Rebanho, obrigatória para os produtores rurais,  terá início em 1º de junho e se estenderá até 31 de...

Geral

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech disseram, nesta segunda-feira (23/5), que três doses de sua vacina contra a covid-19 geraram forte resposta imune em crianças...

Saúde

O Ministério da Saúde recomendou a segunda dose de reforço ( 4ª dose) para pessoas com 60 anos ou mais na quarta-feira, dia 19....

Saúde

A emissão ocorre depois de nove semanas sem envio de avisos ou alertas no âmbito do Sistema 3As de Monitoramento da pandemia.

Saúde

Pesquisadores da instituição identificaram 23 sintomas após o término da infecção aguda.

Geral

O consumidor terá prazo de até 90 dias para fazer o resgate dos valores.

Saúde

O molnupiravir é um medicamento antiviral de uso oral

Geral

A Assembleia Legislativa aprovou, na noite da terça-feira (3/5), o projeto de lei que prevê um aumento de 6% na remuneração dos servidores do...

Educação

A ação é voltada para jovens de 17 a 22 anos, que concluíram ou estão fazendo o 3º ano do ensino médio em escolas...

Geral

A publicação também reforça a importância da vacinação contra a influenza, ofertada nos postos de saúde.

Geral

Desde novembro de 2020, a folha vem sendo paga com regularidade.