Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Geral

Conselhos de Saúde questionam fim da emergência da pandemia

As entidades manifestam preocupação com o “fim abrupto” da emergência.

As entidades lembram que a pandemia não acabou. Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional  de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) enviaram ofício ao Ministério da Saúde nesta terça-feira (19/4) questionando o anúncio de que a pasta irá publicar norma para decretar o fim do estado de emergência de saúde pública de importância nacional em decorrência da pandemia da covid-19.

As entidades manifestam preocupação com o “fim abrupto” da emergência. Segundo elas, há um conjunto de leis, regras e políticas públicas vinculadas a essa situação que afetam estados e municípios.

Outro impacto negativo mencionado pelas entidades é o fato de haver leis e decretos estaduais e municipais baseados nessa condição, que teriam de ser ajustados e atualizados. Os conselhos destacam que o enfrentamento da pandemia envolveu ampliação de políticas, celebração de contratos com fornecedores e contratação de profissionais.

“É imperativa a readequação dos serviços e o remanejamento dos profissionais, além da adequação de contratos já celebrados e que estão em andamento, o que demandará considerável esforço dos municípios e dos estados, o que não poderá ser concluído em curto espaço de tempo”, ressalta o ofício.

As entidades lembram que a pandemia não acabou, razão pela qual a manutenção de políticas para combater a circulação do vírus, para ampliar a vacinação e para mitigar novas infecções ainda se fazem necessárias.

“Sob o risco de desassistência à população, solicitamos ao Ministério da Saúde que a revogação da Portaria MS/GM nº 188, de 03 de fevereiro de 2020, estabeleça prazo de 90 (noventa) dias para sua vigência e que seja acompanhada de medidas de transição pactuadas, focadas na mobilização pela vacinação e na elaboração de um plano de retomada capaz de definir indicadores e estratégias de controle com vigilância integrada das síndromes respiratórias”, defendem o Conass e o Conasems.

O Ministério da Saúde afirmou que “mantém permanente diálogo com estados e municípios e reforça que nenhuma política pública será interrompida com a medida”. A pasta acrescenta que entende que “o cenário epidemiológico permite o encerramento da Espin [Emergência de Saúde Pública de Interesse Nacional], além da alta cobertura vacinal e a capacidade de resposta e assistência do Sistema Único de Saúde (SUS)”. Agência Brasil

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta segunda-feira (15/8) o cronograma de vacinação contra Covid-19 para esta semana; confira abaixo. Terça-feira – 16/08Aplicação da...

Saúde

A secretaria de Saúde divulgou nesta segunda-feira (8/8) a agenda de vacinação contra a Covid-19 para esta semana, de terça a sexta-feira, no município....

Saúde

As mortes diárias por covid-19 no país, segundo a média móvel de sete dias divulgada pela Fundação Oswaldo (Fiocruz), está acima do patamar de...

Saúde

As secretarias estaduais e municipais de Saúde registraram 77.114 novos casos de covid-19 em 24 horas em todo o país e confirmaram mais 266...

Geral

Em função de um pico de contágio por covid-19 observado no Estado, o governo emitiu, pela quarta vez consecutiva, Avisos para todas as 21...

Geral

A média móvel de casos de covid-19 chegou a 30.487 notificações diárias, maior número desde 26 de março, segundo o painel de dados Monitora...

Geral

O Comitê Científico do Estado de São Paulo recomendou a volta do uso de máscaras em estabelecimentos fechados. A medida não é obrigatória, exceto...

Geral

Em abril, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Minas alertou para a importância da dose de reforço em todas as pessoas.

Saúde

A diretora do Hospital Municipal Dr. Getuinar Davila do Nascimento (HMGDN) em São Pedro do Sul, Cristiane Gallina, o médico regulador da secretária de...

Geral

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech disseram, nesta segunda-feira (23/5), que três doses de sua vacina contra a covid-19 geraram forte resposta imune em crianças...

Saúde

O Ministério da Saúde recomendou a segunda dose de reforço ( 4ª dose) para pessoas com 60 anos ou mais na quarta-feira, dia 19....

Saúde

A emissão ocorre depois de nove semanas sem envio de avisos ou alertas no âmbito do Sistema 3As de Monitoramento da pandemia.

Saúde

Pesquisadores da instituição identificaram 23 sintomas após o término da infecção aguda.

Saúde

O molnupiravir é um medicamento antiviral de uso oral

Geral

A publicação também reforça a importância da vacinação contra a influenza, ofertada nos postos de saúde.

Saúde

Nesta semana, ocorreram 49 óbitos, uma média de sete mortes por dia, representando uma estabilidade na semana.

Saúde

Nilson, 56 anos, é motorista do transporte escolar em São Pedro do Sul