Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Agronegócio

RS será certificado internacionalmente como zona livre de aftosa sem vacinação na quinta, dia 27

A retirada da vacinação contra a febre aftosa – suspensa no Estado desde março de 2020 – representa, também, uma economia de R$ 214 milhões ao ano para os produtores gaúchos.

O Rio Grande do Sul será reconhecido internacionalmente como zona livre de febre aftosa sem vacinação. A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) vai oficializar o novo status sanitário do Estado durante Assembleia Geral, na quinta-feira (27/5), às 7h (horário de Brasília).
Com sede em Paris, a OIE realizará a Assembleia por videoconferência, por conta da pandemia. A oficialização do RS será transmitida on-line no link https://oiegeneralsession88.com.

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, acompanhará a certificação em Brasília, juntamente com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.
O Estado se prepara desde 2017 para obter o novo status sanitário. Como zona livre de aftosa sem vacinação, o Rio Grande do Sul terá acesso a mercados como Japão, Coreia do Sul, México, Estados Unidos, Chile, Filipinas, China (carne com osso) e Canadá, alcançando até 70% dos compradores mundiais. A expectativa é de que haja um aumento nas exportações da carne gaúcha em cerca de US$ 1,2 bilhão ao ano.

A retirada da vacinação contra a febre aftosa – suspensa no Estado desde março de 2020 – representa, também, uma economia de R$ 214 milhões ao ano para os produtores gaúchos, levando em conta os custos das doses, a logística de distribuição, mão de obra e a perda de peso dos animais por reação à vacina. – Foto: Fernando Dias / Seapdr

Leia também

Saúde

É obrigatório levar carteira de vacinação comprovando as doses anteriores

Agronegócio

Ano: 2021. No dia 27 de maio, o Rio Grande do Sul conquistava o status de zona livre de febre aftosa sem vacinação, concedido...

Agronegócio

Nesta sexta-feira (27/5), completará um ano da certificação internacional do Rio Grande do Sul como zona livre de febre aftosa sem vacinação, pela Organização...

Saúde

Apesar de muitas pessoas em circulação já terem sido imunizadas, as vacinas não previnem completamente a infecção ou a transmissão do vírus.

Agronegócio

Mais de 40 milhões de cabeças deixam de ser vacinadas no Rio Grande do Sul.

Saúde

São Pedro do Sul fechou as últimas duas semanas com uma redução de 41% no número de casos ativos da doença no município. Os...

Agronegócio

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em sua 88º assembleia geral na manhã desta quinta-feira (27/5), oficializou a concessão do certificado de área...

Saúde

Nesta segunda-feira, 203 moradores receberam a primeira dose da vacina na cidade.

Saúde

Confira o cronograma de vacinação da segunda dose para os próximos dias.

Geral

Começa a valer a partir de amanhã, dia 1º de maio, a proibição de venda de vacina contra febre aftosa, e sua aplicação, no...

Geral

Até esta segunda-feira, dia13, foram vacinadas no município, 94% dos trabalhadores da saúde e 81% dos idosos previstos para serem imunizados nesta primeira fase...

Saúde

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza iniciou nesta segunda-feira, dia 23, e vai até o dia 22 de maio. A imunização será...