Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Saúde

Prefeitura confirma bandeira vermelha em São Pedro do Sul

São Pedro do Sul iniciou a semana sob o impacto do anúncio do governo de Estado no sábado (13), de que a região de Santa Maria, onde São Pedro do Sul está incluída, passaria nesta segunda-feira da bandeira laranja para bandeira vermelha no modelo de distanciamento controlado para inibir o avanço da Covid-19 no Rio Grande do Sul, o que significa o retorno de uma série de restrições, com, por exemplo, o comércio varejista de novo de portas fechadas.

Com as novas medidas, a economia de São Pedro do Sul voltará a sentir um baque, pois somente estabelecimentos que vendem itens essenciais poderão abrir, mantendo quadro de trabalhadores reduzido.
No início da manhã de hoje a Prefeita Ziania Bolzan reuniu secretários municipais, a Vigilância Sanitária e a diretoria da Associação Comercial e Industrial antes de ajustar o novo Decreto Municipal com as novas medidas determinadas pelo governador Eduardo Leite.
Durante o encontro a ACI pressionou o governo municipal para que mantivesse o comércio varejista com as portas abertas, mediante a tomada de medidas mais rigorosas de higienização e controle de pessoas no interior das lojas, porém a procuradoria jurídica da prefeitura informou que não seria possível, pois a chefe do Executivo seria responsabilizada criminalmente com base no artigo 268 do Código penal, que coloca como crime o ato de descumprimento de medida sanitária determinada para impedir a propagação de doença contagiosa.
Ao meio dia a prefeita concedeu entrevista coletiva aos veículos de comunicação da cidade, quando foram repassadas as informações sobre as novas regras de distanciamento controlado impostas pela bandeira vermelha. Clique aqui e veja a entrevista completa: https://www.facebook.com/prefeituramunicipaldesaopedrodosul/
Confira abaixo como era e como ficaram as medidas restritivas com a bandeira vermelha:
Restaurantes
– Como era: com até 50% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido, além de tele-entrega, pegue e leve e drive-thru.
– Como fica: com até 50% dos trabalhadores no local; sem atendimento presencial – é permitido apenas drive-thru, pegue e leve e tele-entrega.
Lanchonetes e padarias
– Como era: com até 50% dos trabalhadores no local, atendimento presencial permitido, além de tele-entrega, pegue e leve e drive-thru.
– Como fica: com até 50% dos trabalhadores no local, só fica permitido tele entrega, pegue e leve ou drive-thru.
Hotéis (geral)
– Como era: lotação máxima de 50% dos quartos.
– Como fica: lotação máxima de 40% dos quartos.
Hotéis (beira de estrada e rodovias)
– Como era: lotação máxima de 100% dos quartos.
– Como fica: lotação máxima de 75% dos quartos.
Imobiliárias
– Serviços de imobiliários, de consultora e administrativos passam a atender somente via teleatendimento, com no máximo 25% dos trabalhadores presentes no estabelecimento.
Comércio varejista de rua (não essencial)
– Como era: com até 50% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido.
– Como fica: fechado.
Comércio varejista de produtos alimentícios
– Como era: com até 75% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido.
– Como fica: com até 50% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido
Comércio varejista de rua (itens essenciais)
– Como era: com até 75% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido.
– Como fica: com até 50% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido.
Postos de gasolina
Como era: com até 75% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido, desde que sem aglomeração de pessoas.
Como fica: com até 50% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido, desde que sem aglomeração de pessoas.
Construção civil (construção de edifícios, obras de infraestrutura, serviços de construção)
– Como era: com até 75% dos trabalhadores no local.
– Como fica: sem mudança.
Transporte coletivo de passageiros municipal
– Como era: com até 60% da capacidade total do veículo.
– Como fica: com até 50% da capacidade do veículo.
Transporte coletivo intermunicipal
– Como era: com até 50% dos assentos (janela), 50% dos assentos (corredor) exclusivo para coabitantes.
– Como fica: com até 50% dos assentos ocupados (janela)
Casas noturnas, bares e pubs
– Como era: fechado.
– Como fica: sem mudança.
Academias de ginástica
– Como era: com até 25% dos trabalhadores; funcionamento por atendimento individualizado ou coabitante por ambiente.
– Como fica: fechado.
Clubes de sociais
– Como era: com até 25% dos trabalhadores no local; funcionamento permitido apenas para atletas profissionais, sem público e individualizado de atletas amadores por ambiente.
– Como fica: fechado.
Cabeleireiro e barbeiro
– Como era: com até 25% dos trabalhadores no local; atendimento presencial permitido desde que individualizado por ambiente.
– Como fica: fechado.
Missas e cultos religiosos
– Como era: com até 25% de público.
– Como fica: fechado.

Leia também

Geral

O trânsito de veículos na VRS 805 que liga São Pedro do Sul a Toropi foi liberado no final da tarde ontem, terça-feira (4),...

Geral

A chuva acumulada em São Pedro do Sul na região central do Rio Grande do Sul, de janeiro a maio, superou a média anual de...

Geral

Foi assinado na última terça-feira, dia 21, o termo de compromisso entre o Município de São Pedro do Sul e o Banrisul, viabilizando a...

Geral

Na próxima sexta-feira, dia 31, a Receita Federal faz o pagamento do primeiro dos cinco lotes de restituição de 2023 a contribuintes que entregaram...

Geral

Na tarde de ontem, terça-feira (14), a prefeita de São Pedro do Sul, Ziania Bolzan, e o prefeito de Dilermando de Aguiar, Claiton Ilha,...

Geral

Se acordo com informações divulgadas por volta das 8h desta terça-feira (14), são 10 o número de famílias do município desalojadas com as inundações...

Geral

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja, “de perigo”, para o declínio acentuado da temperatura na Região Sul e no sul...

Geral

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) deu inicio a construção de um desvio ao lado da Ponte sobre várzea do Rio Toropi, na...

Geral

Na segunda-feira (6), estiveram reunidos no gabinete da prefeita Ziania Bolzan, secretários municipais, vereadores, representantes de entidades, clubes de serviços, sindicatos, cooperativas e demais...

Geral

A prefeitura do município de São Martinho da Serra emitiu Nota Oficial solicitando que as pessoas que residam próximas as barragens do complexo Toropi...

Geral

Direcionado à consciência e sensibilização em busca do senso de pertencimento,  participação, conscientização e responsabilidades de cada cidadão do município, com foco a estimular...

Geral

Com previsão de ventos que poderiam alcançar 100 Km/h no Estado, São Pedro do Sul registrou quatro atendimentos de ocorrências pelo Corpo de Bombeiros...

Geral

As gravações do documentário “Walter Ilha – Vestígios de uma vida” de Silnei Scharten Soares iniciaram na segunda (11),em São Pedro do Sul. O...

Eventos

No dia 22 de março, São Pedro do Sul completa 98 anos de emancipação político-administrativa. Para comemorar, o governo do município localizado na região...

Geral

Na manhã desta sexta-feira (29), a prefeita de São Pedro do Sul, Ziania Bolzan, e o prefeito de Toropi, Lauro Scherer, acompanhados de lideranças...

Geral

O Ministério Público de São Pedro do Sul expediu, na segunda-feira (11), recomendação para que a Prefeita Municipal, Ziânia Bolzan, rescinda contrato temporário com...