Um espaço para viver a história do município de São Pedro do Sul, o Museu Histórico Fernando Ferrar recebe visitantes durante todo o ano. Conforme o livro de registro, 602 pessoas visitaram o museu em 2019 e conheceram as mais de 1.300 peças expostas no local e cerca de 1.200 documentos e fotografias.

– O principal publico deste museu são as turmas escolares de São Pedro do Sul e Região e os moradores e ex-moradores do município que gostam de ver a história retratada no museu, encontrando, muitas vezes registros da história de suas próprias famílias, salienta a  diretora dos museus do Município, a jornalista e mestranda em patrimônio cultural, Luiza Gutheil Bayer.
O acervo do Museu Histórico Fernando Ferrari é formado por doações feitas pela comunidade. Objetos de arte, materiais bélicos, móveis antigos, equipamentos médicos e odontológicos, materiais de escritório, utensílios domésticos, vestimentas, fotos, quadros, artigos de jornais, máquinas de escrever e fotográficas e diversos materiais compõem o acervo. Estes bens representam os hábitos e costumes principalmente de alemães, italianos e outros etnias que fazem parte da história de São Pedro.
Já no Museu Arqueológico e Paleontológico Prof. Walter Ilha, na localidade de Carpintaria, foram registrados 640 visitantes no mesmo período. Segundo Luiza, o público em sua maioria é formado por estudantes.
– Muitos vem de diferentes países buscando apreciar os registros paleontológicos e arqueológicos da nossa região. O maior publico é de turmas escolares principalmente dos estados Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com as quais foram realizadas palestras sobre a arqueologia e paleontologia são-pedrense, visitas guiadas, além de oficinas de paleontologia. Outro publico recorrente do museu é o de turmas universitárias, principalmente do Estado, que tem seus cursos relacionados aos temas do museu, disse.
Para a diretora, os museus também são espaços para atividades educacionais, pois contém elementos interdisciplinares que possibilitam estas ações.
– Durante o ano realizamos várias atividades além das tradicionais visitas guiadas, como atividade com os escoteiros do grupo “Selva de Pedra”, com plantio de arvores nativas no museu paleontológico; Organização da programação do Dia Estadual do Patrimônio Cultural; Participação na Semana dos Museus; Exposição do acervo na Praça Crescêncio Pereira, em razão da Primavera dos Museus; Museu de Portas Abertas; Colaboração na organização da palestra sobre as reservas fossilíferas de São Pedro do Sul; Exposição temporária sobre as mulheres “anônimas” na história de São Pedro do Sul e sua importância na sociedade local e Exposição temporária “Escrever à moda antiga” sobre máquinas de fotografia, conta.

Para 2020 estão previstas diversas outras atividades como a comemoração dos 30 anos do Museu Histórico Fernando Ferrari e dos 40 anos do Museu Paleontológico e Arqueológico Walter Ilha.

 O Museu Paleontológico e Arqueológico Walter Ilha localiza-se na BR 287, estrada da Carpintaria e funciona nas terças e quintas das 13 as 17 ou por agendamento com pelo menos 3 dias uteis de antecedência.

   O Museu Histórico Fernando Ferrari localiza-se na Rua Fernando Ferrari, esquina com a Rua Coronel Scherer, no centro da cidade e funciona nas segundas, quartas e sextas das 8h as 14h ou por agendamento com pelo menos 3 dias uteis de antecedência.

Telefone para agendamento: das 8h às 14h (55) 32766145 ou através do e-mail: museusaopedrodosul@gmail.com