Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Educação

“Se dependesse de mera vontade do governador, as aulas presenciais já teriam sido retomadas”, diz Leite

Governador esclarece que retomada do ensino presencial está proibida por decisão judicial.

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini.

O governador Eduardo Leite voltou a reafirmar que a retomada do ensino presencial está proibida por decisão judicial, em caráter transitório e enquanto perdurar a bandeira preta. O Estado já entrou com recurso, inclusive no Supremo Tribunal Federal (STF), para permitir a retomada das aulas presenciais no Rio Grande do Sul.“Nosso governo quer o retorno das aulas presenciais no Estado. O ponto é que existe uma decisão judicial, da qual discordamos totalmente, que proibiu a retomada do ensino presencial no Rio Grande do Sul”, disse o governador. “Esse assunto não depende mais da mera vontade do governador.”Na bandeira preta, que representa risco altíssimo para o coronavírus no modelo de Distanciamento Controlado e que está vigente em todo o Estado há oito semanas consecutivas, as aulas presenciais da Educação Infantil e dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental estão permitidas. Os protocolos de bandeira vermelha, que indica risco alto, permitem ensino presencial em todos os anos escolares.De acordo com a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), a alteração dos critérios de cálculo do Distanciamento Controlado com a mera finalidade de mudar a bandeira representaria uma forma indireta de descumprir a decisão judicial que veda aulas presenciais durante a bandeira preta.Os critérios vigentes contam com a salvaguarda, cujo cálculo leva em consideração a razão entre leitos ocupados por Covid-19 e leitos livres. A velocidade de disseminação da cepa P.1 do coronavírus é muito maior, o que traz como consequência a necessidade de haver um número de leitos livres suficiente para garantir que, durante os picos, haja atendimento adequado e nenhuma vida se perca por falta de leitos UTI. Foi isso que determinou o acionamento da salvaguarda regional, que deixou todo o Estado em bandeira preta há oito semanas.“Estamos buscando o retorno na Justiça, como deve ser, porque entendemos que é fundamental para nossas crianças. Inclusive entendo que especialmente a Educação Infantil é quase que um serviço de saúde também, essencial, na medida em que ali se dão os estímulos para o desenvolvimento psíquico, motor e emocional das crianças. Sem isso, as crianças ficam prejudicadas, e a sociedade como um todo fica prejudicada também. Por isso, acredite que estamos colocando, de forma muito clara, todos os nossos esforços junto ao Judiciário para reverter essa decisão”, enfatizou Leite.O governo do Estado, representado pela Procuradoria-Geral do Estado, ajuizou no STF, no começo de abril, uma arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) com pedido de medida cautelar de urgência para suspender as decisões judiciais e demais atos que impedem a retomada das atividades presenciais de ensino no Estado.No dia 12 de abril, Leite, acompanhado do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, e do procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, se reuniu, por meio de videoconferência, com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Kassio Nunes Marques para reafirmar a essencialidade da educação e do retorno imediato às aulas do Ensino Infantil e dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental no Estado.

Leia também

Geral

O trânsito de veículos na VRS 805 que liga São Pedro do Sul a Toropi foi liberado no final da tarde ontem, terça-feira (4),...

Geral

A chuva acumulada em São Pedro do Sul na região central do Rio Grande do Sul, de janeiro a maio, superou a média anual de...

Geral

Foi assinado na última terça-feira, dia 21, o termo de compromisso entre o Município de São Pedro do Sul e o Banrisul, viabilizando a...

Geral

Na próxima sexta-feira, dia 31, a Receita Federal faz o pagamento do primeiro dos cinco lotes de restituição de 2023 a contribuintes que entregaram...

Geral

Na tarde de ontem, terça-feira (14), a prefeita de São Pedro do Sul, Ziania Bolzan, e o prefeito de Dilermando de Aguiar, Claiton Ilha,...

Geral

Se acordo com informações divulgadas por volta das 8h desta terça-feira (14), são 10 o número de famílias do município desalojadas com as inundações...

Geral

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja, “de perigo”, para o declínio acentuado da temperatura na Região Sul e no sul...

Geral

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) deu inicio a construção de um desvio ao lado da Ponte sobre várzea do Rio Toropi, na...

Geral

Na segunda-feira (6), estiveram reunidos no gabinete da prefeita Ziania Bolzan, secretários municipais, vereadores, representantes de entidades, clubes de serviços, sindicatos, cooperativas e demais...

Geral

A prefeitura do município de São Martinho da Serra emitiu Nota Oficial solicitando que as pessoas que residam próximas as barragens do complexo Toropi...

Geral

Direcionado à consciência e sensibilização em busca do senso de pertencimento,  participação, conscientização e responsabilidades de cada cidadão do município, com foco a estimular...

Geral

Com previsão de ventos que poderiam alcançar 100 Km/h no Estado, São Pedro do Sul registrou quatro atendimentos de ocorrências pelo Corpo de Bombeiros...

Geral

As gravações do documentário “Walter Ilha – Vestígios de uma vida” de Silnei Scharten Soares iniciaram na segunda (11),em São Pedro do Sul. O...

Eventos

No dia 22 de março, São Pedro do Sul completa 98 anos de emancipação político-administrativa. Para comemorar, o governo do município localizado na região...

Geral

Na manhã desta sexta-feira (29), a prefeita de São Pedro do Sul, Ziania Bolzan, e o prefeito de Toropi, Lauro Scherer, acompanhados de lideranças...

Geral

O Ministério Público de São Pedro do Sul expediu, na segunda-feira (11), recomendação para que a Prefeita Municipal, Ziânia Bolzan, rescinda contrato temporário com...