Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Agronegócio

Ipea aumenta previsão de alta do PIB do setor agropecuário

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou de 2,2% para 2,6% a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB – soma de todos os bens e serviços produzidos no país) do setor agropecuário para este ano, na comparação com 2020. Os dados, divulgados hoje (23) pelo órgão, indicam também avanço de 2,7% para a produção vegetal e de 2,5% para a produção animal.

De acordo com o Ipea, a razão da revisão para cima foi a melhora no resultado esperado de itens importantes tanto na produção vegetal como animal no ano. O Ipea alerta, no entanto, que a crise hídrica “pode prejudicar mais do que o previsto a produção vegetal, e ao segmento da pecuária de bovinos, que ainda tem incertezas relativas à oferta e à demanda”.

Produção vegetal

Na produção vegetal, a projeção do crescimento de 2,7% no ano deve ocorrer apesar da queda esperada nas culturas, como o café (-21%), o algodão (-19,7%), o milho (-3,9%) e a cana-de-açúcar (-3,1%). A retração nesses segmentos não será “suficiente para comprometer o bom desempenho geral da agricultura sustentada nas altas da produção de soja (9,4%), do arroz (2,8%) e do trigo (27,9%)”.

Produção animal

Já na produção animal, a alta de 2,5% no ano deve ser favorecida pelo crescimento de todos os segmentos conforme a projeção em bovinos (0,9%), nos suínos (6,8%), nas aves (6,5%), no leite (3,2%) e nos ovos (2,3%). O levantamento destacou que mesmo positivo, o desempenho da carne bovina ficou aquém do esperado, compensado pela forte alta de suínos e aves.

Para o pesquisador associado do Ipea e um dos autores do estudo Pedro Garcia, o aumento do consumo de suínos e frangos compensou a desaceleração da carne bovina. “A produção de suínos e frangos foi impulsionada pelo aumento do consumo em substituição ao da carne bovina, que permanece com preço elevado e oferta limitada de animais para abate”.

Riscos

A pesquisa chamou atenção ainda para os principais riscos relacionados ao setor. A necessidade de poupar água para a geração de energia hidrelétrica pode interferir na produção vegetal, agravada pela ocorrência de choques climáticos adversos no centro-sul. Na produção animal, o risco permanece com “uma possível frustração na projeção de crescimento da produção de bovinos, que pode ser impactada por uma recuperação na oferta de animais mais lenta do que o projetado”.

O levantamento considerou as estimativas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e em projeções próprias para a pecuária a partir de dados das Pesquisas Trimestrais do Abate, Produção de Ovos de Galinha e Leite.

Fonte: Agência Brasil

Leia também

Agronegócio

O governo federal decidiu adiar o anúncio do Plano Safra, que estava previsto para esta quarta-feira (26). A nova previsão é de que o...

Agronegócio

O estado do Rio Grande do Sul já contabiliza a perda de pelo menos 16,9 mil colmeias desde o início das enchentes ocorridas nos primeiros dias de maio...

Agronegócio

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que perdoa ou adia o vencimento de parcelas de financiamentos rurais tomados por empreendimentos localizados...

Agronegócio

As fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul em maio deste ano trouxeram prejuízos, afetando as relações contratuais agrárias, especialmente os contratos de arrendamento...

Agronegócio

Na noite de 12 de junho, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal aprovou modificações significativas para o PIS/PASEP e o...

Agronegócio

A colheita do arroz se encerrou com uma produção de 7.162.674,9 toneladas no Rio Grande do Sul. Na safra 2023/2024, foram semeados 900.203 hectares...

Agronegócio

A 47ª edição da Expointer, uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina, ocorrerá entre 24 de agosto e 1º de setembro, conforme confirmado hoje pela...

Agronegócio

A mudança de data da Fenarroz – Multifeira do Agronegócio, inicialmente prevista para maio e agora reprogramada para 6 a 11 de agosto, não...

Agronegócio

A enchente sem precedentes que afetou o Rio Grande do Sul no início de maio e alterou a vida de milhares de pessoas, trouxe...

Agronegócio

A produção de grãos projetada para a safra 2023/2024 é 297,54 milhões de toneladas, volume é 7% inferior ao registrado na temporada anterior. A...

Agronegócio

A Declaração Anual de Rebanho de 2024 teve o seu prazo final prorrogado para 31 de julho no Rio Grande do Sul. A prorrogação...

Agronegócio

Levantamento realizado pela Datagro Grãos mostra que, até o final de maio, a comercialização brasileira da safra 2023/24 de soja alcançou 65,7% da produção...

Agronegócio

O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto, anunciou nesta terça-feira, 11, a anulação do leilão para compra de arroz importado. Segundo ele,...

Agronegócio

O mercado brasileiro de soja teve preços em alta em praticamente todas as praças na segunda-feira (10). Segundo a Safras Consultoria, foi um “dia complicado”....

Agronegócio

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Fernando Quadros da Silva, acatou pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) e liberou a...

Agronegócio

A Justiça Federal da 4ª Região atendeu a uma solicitação do partido Novo e suspendeu o leilão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) previsto...

Agronegócio

As chuvas extremas desde o final de abril causaram danos por inundações e deslizamentos em boa parte do território gaúcho. No meio rural, mais...