Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Saúde

Governo anuncia premiação de R$ 1,25 milhão para municípios que mais vacinarem

A proposta é que os valores da premiação sejam aplicados na Atenção Primária em Saúde, que é responsabilidade dos municípios

Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Como forma de incentivar uma competição saudável para vacinação contra a Covid-19 entre os municípios gaúchos, o governo do Estado anunciou, nesta quinta-feira (24/6), uma proposta de incentivo às prefeituras, com duas premiações em duas datas, para que as cidades acelerem a imunização da população.

“É uma corrida do bem que se estabelece para quem conseguir concluir a vacinação antes. Queremos dar incentivo aos municípios para que apliquem as vacinas rapidamente, porque isso é de interesse de todos, é para salvar vidas e para voltarmos à normalidade mais rapidamente”, destacou o governador Eduardo Leite em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

A proposta prevê R$ 1,25 milhão, divididos em duas datas: R$ 625 mil no dia 20 de julho e outros R$ 625 mil em 20 de agosto. A premiação será repassada aos municípios que, proporcionalmente, mais vacinarem, de acordo com o número de doses aplicadas e registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) sobre o número de doses distribuídas, em cada um dos quatro portes: acima 100 mil habitantes, de 99.999 a 50 mil habitantes, de 49.999 a 10 mil habitantes e abaixo de 10 mil habitantes.

premiação campanha covid

Segundo o governador, a proposta é que os valores da premiação sejam aplicados na Atenção Primária em Saúde, que é responsabilidade dos municípios.

“São recursos para aplicar na própria saúde, para que possam comprar equipamentos, reformar unidades de saúde, fazer investimentos na saúde primária do município e qualificar o atendimento à população. Queremos incentivar essa corrida do bem entre os municípios, garantindo aplicação rápida dessas doses que vamos distribuindo rapidamente, pois temos um sistema de logística bem estruturado”, reforçou o governador.

Uma portaria com todas as regras e orientações sobre o prêmio será publicada nos próximos dias, mas a ideia, conforme Leite, é antecipar o anúncio para que as prefeituras se organizem e possam realizar o processo de imunização da melhor forma possível. A secretária da Saúde, Arita Bergmann, já fez sugestões para que os municípios possam acelerar ainda mais a vacinação, seguindo as regras do Plano Nacional de Imunizações. “Premiar é, na realidade, uma demonstração do governo de que queremos que a vacina chegue às pessoas, porque, na realidade, quem está sendo premiado é o cidadão”, pontuou Arita.

Segundo a secretária da Saúde, para conseguirem acelerar o processo de imunização, os municípios podem, entre outras medidas, reforçar o cuidado com o registro das doses aplicadas, pois será a base para a premiação, além de ampliar a busca ativa das pessoas que por algum motivo não procuraram a unidade de saúde onde a vacina está sendo aplicada, envolver ainda mais os agentes comunitários de saúde e as associações comunitárias espalhadas por todos os bairros e ampliar a divulgação com relação aos públicos-alvo e locais de aplicação das doses em cada cidade.

Titular da Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios, Luiz Carlos Busato reforçou que a premiação é um incentivo a uma disputa do bem e que o governo seguirá sendo um braço de apoio neste processo.

“Passaremos, a partir de agora, a divulgar e a incentivar o prêmio, mas também iremos buscar resolver eventuais problemas de cada município. Queremos trabalhar juntos para que tenhamos sucesso nessa empreitada que é o enfrentamento e a superação da pandemia”, afirmou Busato.


SAIBA MAIS

Como será a premiação:

• Premia o primeiro lugar por estrato populacional, considerando as doses de vacinas registradas no SIPNI (D1, dose única e D2).
• Como critério de desempate será avaliado o número de D2 aplicadas e registradas no SIPNI, sobre o número de doses distribuídas (multiplicado por 100).
• Sugere-se a aplicação do prêmio na Atenção Primária em Saúde.
• Será publicada portaria orientando sobre o prêmio.

Fonte: Governo do Estado do RGS

Leia também

Notícias

O próximo sábado (21) será o Dia D da Campanha de Multivacinação. Haverá postos de saúde abertos extraordinariamente para crianças e adolescentes de até 15 anos...

Saúde

A Campanha de Multivacinação 2023 será lançada no Rio Grande do Sul pela Secretaria da Saúde (SES), na tarde deste sábado (14). O objetivo...

Saúde

As gotinhas que entraram para a história da imunização ao eliminarem a poliomielite no Brasil ganharam uma previsão de aposentadoria, e a substituição da...

Saúde

O Ministério da Saúde lançou, na quinta-feira (17), a campanha nacional de multivacinação com o objetivo de aumentar os índices de imunização de crianças...

Saúde

Uma nova vacina contra a dengue estará disponível no Brasil a partir da semana que vem, segundo a ABCVAC (Associação Brasileira de Clínicas de...

Saúde

A Secretaria da Saúde (SES) definiu, na terça-feira (25/4), a ampliação da recomendação da dose bivalente contra a covid-19 para toda a população acima...

Saúde

O Setor de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde informa que a aplicação do reforço com a vacina bivalente contra a Covid-19 será realizada...

Geral

Com um público-alvo de mais de cinco milhões de pessoas no Estado, inicia nesta segunda-feira (10) a campanha de vacinação contra gripe influenza. Diferente...

Saúde

O Setor de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde de São Pedro do Sul informa que a aplicação do reforço com a vacina bivalente...

Saúde

A campanha de vacinação bivalente contra a covid-19 no Rio Grande do Sul foi oficialmente aberta nesta terça-feira (14/2), em Canoas. A cerimônia ocorreu...

Saúde

O Rio Grande do Sul recebeu o primeiro lote da vacina bivalente contra a covid-19 da Pfizer na manhã desta quinta-feira (9/2). São 32,4...

Saúde

Nesta quinta-feira (09), chega ao Rio Grande do Sul o primeiro lote da vacina bivalente contra a Covid-19. Nessa primeira leva, estão previstas 32,4...

Saúde

O Brasil sempre foi um país com um dos melhores programas de vacinação do mundo, um exemplo para muitas nações. Porém, nos últimos anos,...

Saúde

O reforço da imunização contra covid-19 com vacinas de mRNA, como a Pfizer, oferece maior proteção em quem foi vacinado com CoronaVac do que...

Saúde

Diante dos baixos índices de vacinação contra a poliomelite em São Pedro do Sul, com apenas 60% do público alvo (crianças de 1 a...

Saúde

A menos de uma semana para o fim da Campanha Nacional de Vacinação que tem como foco principal a prevenção da poliomielite, apenas 34,4% do público-alvo – crianças entre seis meses e 4 anos 11 meses e 29...

Saúde

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) lançou hoje (22/8) a campanha Paralisia Infantil – A Ameaça Está de Volta, para estimular a adesão à...