Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Geral

Após complicações da doença, morre gata diagnosticada com coronavírus em Caxias do Sul

Caso é raro e não há indícios de transmissão para humanos; donos do animal também testaram positivo para a doença
Uma gata infectada com o novo coronavírus morreu na madrugada dessa segunda-feira (22) em Caxias do Sul. Ela teve complicações relacionadas a doença e não resistiu.
O caso foi notificado pela Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde do Rio Grande do Sul à Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e abastecimento na quinta-feira (18). O diagnóstico aconteceu em 5 de março. Os responsáveis pelo animal também testaram positivo para a doença.
Segundo a Vigilância, no dia 18 de fevereiro o casal levou a felina, que tinha dois anos, para um atendimento veterinário. No exame clínico, o animal apresentou “quadro de dispnéia (falta de ar), rouquidão ao vocalizar, tosse, hiporexia (perda de apetite) e leve perda de peso”, conforme o relatório.
O exame também revelou quadro inflamatório pulmonar. Por isso foi coletada uma amostra da gata e realizado um teste RT-PCR pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). No dia 5 de março o diagnóstico positivo para a doença saiu. Uma contraprova foi feita pela Universidade Feevale.
Uma semana após o diagnóstico, a gata teve piora do quadro e precisou de apoio respiratório. Ela ficou internada por quatro dias, apresentou melhora e foi liberada para seguir tratamento em casa.
Outros dois gatos vivem na mesma casa, mas não apresentaram sintomas.
Animais com o coronavírus – O primeiro teste positivo da doença em um animal doméstico no Brasil foi na capital de Mato Grosso, Cuiabá. O caso é de uma gata de propriedade de uma família diagnosticada com o novo coronavírus. O animal não apresentou sintomas e seguiu em isolamento domiciliar com seus donos. Ao todo, pesquisadores já registraram 13 casos de animais com o coronavírus no Brasil.
Em maio de 2020, uma pesquisa publicada no periódico científico New England of Medicine afirmou que os gatos eram capazes de ser infectados pela covid-19 por humanos, mas somente de repassá-las para outros gatos. Não existe, portanto, nenhuma evidência científica de que o contágio de forma contrária aconteça.

Outro grande estudo realizado sobre casos de covid-19 em animais apontou, no entanto, que cães e gatos podem ser infectados pelo vírus tanto quanto os humanos, mas com sintomas muito mais leves e com menos riscos. Os pets, embora não apresentassem RNA positivo do vírus, já possuíam anticorpos contra a covid-19, o que indica que eles foram infectados anteriormente pela doença. Os pesquisadores descobriram que evidências de uma infecção prévia estavam presentes em 3% dos cachorros e em 4% dos gatos que participaram do estudo.

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também

Geral

Em função de um pico de contágio por covid-19 observado no Estado, o governo emitiu, pela quarta vez consecutiva, Avisos para todas as 21...

Geral

A média móvel de casos de covid-19 chegou a 30.487 notificações diárias, maior número desde 26 de março, segundo o painel de dados Monitora...

Geral

O Comitê Científico do Estado de São Paulo recomendou a volta do uso de máscaras em estabelecimentos fechados. A medida não é obrigatória, exceto...

Geral

Em abril, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Minas alertou para a importância da dose de reforço em todas as pessoas.

Saúde

A diretora do Hospital Municipal Dr. Getuinar Davila do Nascimento (HMGDN) em São Pedro do Sul, Cristiane Gallina, o médico regulador da secretária de...

Geral

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech disseram, nesta segunda-feira (23/5), que três doses de sua vacina contra a covid-19 geraram forte resposta imune em crianças...

Saúde

O Ministério da Saúde recomendou a segunda dose de reforço ( 4ª dose) para pessoas com 60 anos ou mais na quarta-feira, dia 19....

Saúde

A emissão ocorre depois de nove semanas sem envio de avisos ou alertas no âmbito do Sistema 3As de Monitoramento da pandemia.

Saúde

Pesquisadores da instituição identificaram 23 sintomas após o término da infecção aguda.

Saúde

O molnupiravir é um medicamento antiviral de uso oral

Geral

A publicação também reforça a importância da vacinação contra a influenza, ofertada nos postos de saúde.

Saúde

Nesta semana, ocorreram 49 óbitos, uma média de sete mortes por dia, representando uma estabilidade na semana.

Saúde

Nilson, 56 anos, é motorista do transporte escolar em São Pedro do Sul

Geral

As entidades manifestam preocupação com o "fim abrupto" da emergência.

Geral

Queiroga afirmou que a medida não significa o fim da covid-19.

Saúde

A queda na letalidade está relacionada à vacinação da população.

Saúde

Nesta quarta-feira, 30 de março, foi publicado o Decreto Municipal nº 3.784, que dispõe sobre o uso facultativo de máscara de proteção facial em...