Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Colunistas

QUEBRANDO LINHAS

Vitória tranquila

          O Internacional venceu o Deportivo Táchira da Venezuela no Beira Rio pela Copa Libertadores e chegou a liderança do grupo. Mantendo o mesmo modelo de jogo, porém com atitude e principalmente mobilidade no ataque, o Inter começou muito bem a partida. Ramirez modificou a equipe do meio para frente, sem deixar Patrick isolado na esquerda como ponta, o técnico ganhou mais opções ofensivas, em par com Maurício o camisa 5 colorado fazia a troca de corredor, que não o deixava estático e, portanto, mais fácil de conter, vindo de uma posição um pouco mais central o meia foi um dos destaques da partida.

          A saída de bola colorada foi mais rápida também e eficiente, o segundo gol saiu assim, no modelo de atrair para atacar, mesmo, que perigosa com a troca de passes curtos, onde um erro pode ser fatal. Com o tempo os jogadores irão assimilar o que o seu treinador imagina e a evolução deve acontecer. A dúvida que permanece é se quando for enfrentar uma equipe com mais qualidade e leitura de jogo o desempenho será o mesmo.

Competição nivelada

           A posição de comandante do ataque colorado está em aberto, Guerrero que ainda busca melhor condição física, Gualhardo e Yure Alberto se candidatam. O treinador ainda avalia o melhor ao modelo e frisa que deve fazer rodízio em função do adversário. O certo é que, qualquer que seja a opção escolhida, será uma boa opção. O importante quando se busca títulos em competições tão disputadas é ter grupo forte e parelho.

Champions League

           Neymar e sua equipe não conseguiram segurar o grande time de Pep Guardiola. Mesmo jogando em casa o PSG perdeu por 2×1 para o Manchester City e agora terá que buscar a vitória na Inglaterra, missão árdua. Talvez, Guardiola esteja próximo de sua primeira Champions fora de Barcelona.

           A outra semi ficou no empate, o Real começou muito mau a partida e deu chance para que o Chelsea abrisse vantagem até maior do que o 1×0 logo no início, sua sorte foi que a equipe londrina não aproveitou, logo após Zidane ajustou seu time igualando as ações buscando o empate com Benzema. O segundo tempo foi de troca de golpes, mas sem mudança no placar. Tudo aberto para a volta.

Diferente

          Um novo Grêmio apareceu em La Fortaleza, estádio do Lanús da Argentina. Na vitória que coloca o tricolor na liderança da chave na Copa Sulamericana, já se nota traços do trabalho de Tiago Nunes. Sai a conservação da posse de bola e a procura, lenta por espaços na defesa adversária e entra em jogo mais direto com transição rápida e resoluções em velocidade. Foi assim o gol de Léo Pereira, em contra-ataque após jogada do excelente Ferreirinha. Tiveram alguns problemas defensivos que com o trabalho e tempo irão ser acertados.

Thiago Santos

          O jogador que teve sua contratação discutida, nota-se como boa valência até o momento, dando mais suporte de marcação do meio e até saindo ao ataque como no gol que deu a vitória de Ferreirinha em sua assistência. Aparece muito bem o volante.

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também