Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Colunistas

Não ouça quem não sabe!

Aquilo que muitas vezes determinadas pessoas pensam ou dizem das outras, não devem servir de motivo para o desânimo ou um sentimento de inércia, mas para reflexão. 

Falava esta semana com um dependente químico onde ele me dizia que não encontrava forças para buscar sua recuperação e seguir sua vida adiante, pois se preocupava com o que os outros pensavam dele. 

Dizia ele que muitas pessoas não acreditavam mais nele, tampouco em sua recuperação e isso estava deixando ele amarrado com comentários desse gênero e impedia de tomar as decisões. 

 Comentei para que refletisse se realmente aquilo que diziam dele sobre sua dependência, era uma verdade ele deveria pensar e tomar uma atitude para mudar o comportamento e seguir adiante. 

Se caso aquilo que as pessoas comentavam e diziam sobre ele, não era uma verdade, apenas um modo de o rotularem, ou criarem um mecanismo de afastamento, deveria ser um motivo para gerar e modificar esse sentimento, ir em frente, não desistir. 

Modificar um rótulo que muitas vezes somos classificados por pessoas de descréditos, ou que deconhecem certos caminhos, devem ser motivos de nos propulsionarem ao caminho de realizações e não no fortalecimento de nossas fraquezas,pois devemos nos atentar sobre quem fala o que. 

As realizações devem acontecer na vida de cada um, porém deve ser com naturalidade, perceber o que está errado e buscar a melhora;aquilo que há de bom procurar cuidar e fortalecer como quem guarda um tesouro. 

A força do espírito que habita cada um deve ser aquela que Cristo, quando ao se despedir do seus discípulos disse que iria preparar uma nova morada, mas deixaria o Paráclito, o Espírito Santo Consolador, aquele que defenderia, e assim devemos buscar quem nos entende e pode nos ajudar, nos momentos de dificuldade e de solidão, momento pelo qual todos passamou um dia passarão. SE INSCREVA e curta no meu Canal Paulo Doleys no Youtube. 

 Deus abençoe a ti e toda tua família

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também