Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Colunistas

Goleada e evolução

 A noite de quarta-feira foi de boa vitória para o Internacional, os colorados mostraram um maior repertório. A articulação de jogo desde a defesa, aceleração principalmente com o estreante Taison, a partir da intermediária, marcação alta com roubadas de posse de bolas próximas ao gol foram o ponto alto.

          O Técnico Sérgio Ortemann, do Olímpia do Paraguai tentou a estratégia de fechar os caminhos e especular no contra-ataque o que não deu certo. Logo o time de Ramirez encaixou na partida e pressionou até o gol de Cuesta.

          No segundo tempo mantendo o mesmo ritmo, só que os gols apareceram em maior quantidade, Edenilson de pênalti, Galhardo 2 vezes, Caio Vidal e Yure Alberto fecharam o placar, o Olímpia descontou de pênalti.

          O Inter mostra evolução contínua, dando todos os descontos da fragilidade paraguaia, as variações estão aparecendo. Ramirez mostra que vai rodar o grupo, dando minutagem á todos. Inclusive nesse jogo apareceu desde o início Marcos Guilherme que como o treinador observou trabalha muito bem sem a bola. Há bastante espaço para evoluir, as saídas curtas desde o goleiro será um ponto para aperfeiçoar, mas até aqui os resultados aparecem.

           Hoje logo mais à noite o Internacional tem um jogo bem mais difícil, encara o Juventude e precisa vencer para chegar à final do campeonato gaúcho. Parada dura.

Goleada impiedosa

          Em ritmo de treino o Grêmio goleou o Aragua da Venezuela, pela Copa Sulamericana na Arena e manteve os 100% na competição. Sem Matheus Henrique e Jean Pyerre, ambos lesionados, Tiago Nunes promoveu as entradas de Darlan e Maicon no meio campo, para enfrentar o lanterna do grupo. A equipe ainda teve mudanças na lateral esquerda, onde Diogo Barbosa recebeu sua primeira oportunidade, no ataque Luiz Fernando apareceu.

          Os gols surgiram da forma como o treinador gosta de atacar, troca de passes mais direta entre o meio, com velocidade no último terço do campo. Luiz Fernando e Ferreirinha marcaram duas vezes cada, o centroavante Diego Souza deixou o dele em cobrança de pênalti, Arquimedes marcou contra e acabou 6×0 o primeiro tempo.

          No segundo tempo com o jogo resolvido deu tempo para preservar titulares, com as saídas de Geromel, Ferreira e Diego Souza. Entraram Paulo Miranda, Guilherme Azevedo e Churín. Em ritmo de treino o tricolor continuou mandando na partida marcando mais dois gols, com Maicon de pênalti e Churín de cabeça, no cruzamento de Diogo Barbosa.

          Com tranquilidade e vaga garantida na próxima fase o Grêmio pega o Caxias para confirmar a vaga na final do Gauchão, um empate já serve aos azuis.

Champiosn League

          A final do próximo dia 29 em Istambul, será entre Manchester City e Chelsea, clássico Inglês. O City que já tinha vencido a primeira partida, venceu novamente o PSG de Neymar. Desfalcado de Mbappé, o clube francês não teve muitas alternativas frente ao ótimo time de Pep Guardiola. O Chelsea de Thomas Tuchel fez grande jogo e derrotou o Real Madri, maior vencedor da liga. Um duelo que tende a ser parelho, se desenha com muita posse do Manchester com estocadas rápidas e potentes do jovem time de Londres.

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também