Nossas redes sociais

Digite o que você procura

Colunistas

ESTÁ SE LEVANTANDO O VEU DA ORIGEM DO COVID19

Lá no início da pandemia pipocaram notícias de que o covid19 teria sido criado em laboratório, na cidade de Wuhan, na China! A narrativa de que o vírus se desenvolvera em morcegos seria falsa. Foi uma polêmica, muitos afirmavam que isso era teoria da conspiração! Pesquisadores chineses que se manifestaram sobre o assunto misteriosamente sumiram!

A informação circulou principalmente nos Estados Unidos, através do presidente Donald Trumph, que levantou essa dúvida, mas sem respaldo da grande imprensa e da ciência.

Durante mais de um ano o assunto foi esquecido, aceitando-se que o vírus fora transmitido de morcegos para humanos chineses e daí para a população mundial.

Agora volta a notícia de que o vírus foi criado em laboratório, infectando, acidentalmente ou não, pesquisadores que trabalhavam no laboratório, que teriam sido o vetor da disseminação do vírus, gerando a pandemia. É uma situação grave que precisa ser investigada.

Vamos às informações que estão sendo divulgadas principalmente nos Estados Unidos e em parte da imprensa européia, mas que não tem espaço na grande imprensa brasileira que não noticia esse fato porque está alinhada com a China e se o fizesse estaria dando razão a Bolsonaro que freqüentemente insinua que o vírus foi criado pela China.

As informações sobre as atividades suspeitas do laboratório de Wuhan se robusteceram com a divulgação recente de milhares de emails do médico americano Anthony Stephen Fauci.

Quem é Anthony Stephen Fauci?

Imunologísta americano, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas desde 1984, principal cientista dos EUA no combate ao covid19, um dos principais integrantes da força tarefa criada pela casa banca para responder à pandemia; Também teve papel crucial no combate ao HIV/AIDS e outros doenças infecciosas.

Fauci foi conselheiro de todos os presidentes americanos desde Ronald Reagan nas áreas de risco biológico e continua nessa função junto ao governo Biden; Sua conscientização do público aumentou significativamente durante a pandemia do covid19.

Através dos emails de Fauci sabe-se agora que ele, através de várias instituições públicas americanas,  incluído o próprio Departamento de Defesa, participou e ajudou a financiar um projeto de estudos para que o coronavirus tivesse ganhos de função, tornando sua infecção dez vezes mais potente. O projeto teria sido iniciado já em 2014 e inicialmente seria desenvolvido nos Estados Unidos, mas foi proibido; Aí transferiram para um laboratório de Wuhan na China; Conforme apontam os emails de Fauci Inicialmente a França teria participado do projeto e Bill Gates da Microsoft, entre outros, também estaria envolvido nessa TRETA.

Podemos ter uma certeza: Não só os chineses estão envolvidos nisso, americanos também.

As grandes perguntas que precisam de respostas são: Qual foi ou é o objetivo desse projeto? Preparar material para uma guerra biológica ou química? Criar um vírus mais potente para a redução drástica dos habitantes do planeta, que é uma tese defendida pelo G20 já há vários anos? Dificilmente vamos ter respostas concretas! As provas que poderiam comprovar o que está sendo levantado já devem ter sido suprimidas em Wuhan. Os leitores têm o direito de interpretar como quiserem esse assunto, mas é importante preocupar-nos com o que vem acontecendo nesse nosso mundo cheio de desinformações, falsidades e mistérios. Sentimos que estamos sendo manipulados e que estamos perdendo o controle da situação.      

Contatos: laskesemilto@gmail.com

[ID do metacontrolador=”6167″]

Leia também